Introspecções Inúteis

00:33



Teus Olhos Entristecem
Teus olhos entristecem 
Nem ouves o que digo. 
Dormem, sonham esquecem... 
Não me ouves, e prossigo. 

Digo o que já, de triste, 
Te disse tanta vez... 
Creio que nunca o ouviste 
De tão tua que és. 

Olhas-me de repente 
De um distante impreciso 
Com um olhar ausente. 
Começas um sorriso. 

Continuo a falar. 
Continuas ouvindo 
O que estás a pensar, 
Já quase não sorrindo. 

Até que neste ocioso 
Sumir da tarde fútil, 
Se esfolha silencioso 
O teu sorriso inútil. 

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

Posts Recomendados

2 comentários

  1. ..... sabes o quanto adoro Pessoa..
    muitas vezes tentámos sorrir quando a vontade é precisamente o contrário.. um belo sorriso pode esconder uma profunda dor.. e nesses momentos pecisámos de ouvir o quanto somos importantes para os outros..
    enfim, vou mas é deitar-me.. lol

    adoro-te, besta..

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito deste texto =)

    beijinhuxx

    ResponderEliminar

Posts Populares

Facebook