Aloe Plus Lanzerota: O mundo do Aloe Vera

17:09


Lembro-me que em adolescente fui invadida pela febre do acne de forma quase que cruel, na altura não dava importância a tratamentos e pode-se dizer que muito devido à minha vertente Maria-Rapaz. O maldito acne ainda deixou um pouco da sua assinatura no meu rosto, mas hoje em dia só volta quando como azeitonas, quando abuso de fast-food ou naquela altura do mês em que nós mulheres desejamos quase que hibernar.

Lembro-me também, voltando de novo à adolescência, que a minha bisavó arranjava soluções caseiras para tudo, quer fosse para curar as minhas aftas, uma entorse, uma constipação e até mesmo para o acne... Como tínhamos alguns vasos com Aloe Vera dizia ela para lavar o rosto e depois tirar umas folhas e passar nas borbulhas. Confesso que o cheiro da planta e o seu interior me enojava, mas lá fui ganhando o hábito de aplicar e de facto ajudava no processo de cicatrização e purificação das borbulhas.

Os anos foram passando, fui ganhando hábitos mais femininos e experimentado um ou outro produto. De facto o cheiro e a textura do Aloé Vera marcaram-me de forma negativa, e inconscientemente fui fugindo a tudo o que tivesse este ingrediente, mesmo com resultados comprovados. Ainda dizem que o cheiro não compra, óbvio que compra! Inconscientemente associamos aromas a memórias/momentos quer sejam bons ou maus... não é por acaso que quando cheiramos um perfume muitas vezes dizemos "Parece o perfume que a minha mãe/tia/etc usava"... Mas isso é outra história :)


Agora vocês devem estar a dizer: "Então mas Lili se não gostas do cheiro do aloé Vera porquê este post?", pois claro, que com os anos os produtos foram-se inovando, os aromas foram trabalhados e até mesmo as texturas. Hoje em dia, não preciso arrancar uma folha de Aloe Vera e esfregar no rosto, há marcas que tratam de transformar a planta em algo do tipo mágico e meter em frascos.

Foi neste contexto que conheci a Aloe Plus Lanzerote, uma marca que oferece produtos com uma extrema pureza e qualidade baseados no seu ingrediente principal o Aloe Vera. Todos os seus produtos são feitos a partir de plantações de acordo com praticas orgânicas de cultivo. Além disso, a marca aposta bastante na cultura e interesses turísticos tendo disponíveis 3 museus dedicados ao mundo do Aloe Vera.

Produtos comercializados: Cuidados faciais, cuidados corporais, Maquilhagem, protectores solares, produtos indicados para crianças e homens, ambientadores, higiene oral, suplementos, etc...

Há cerca de três semanas que estou a utilizar o Creme hidratante regenarador de aloe vera e baba de caracol, contém FPS15 e é indicado pare quem tem a pele oleosa, como é o meu caso. Promete devolver elasticidade, manter a pele fresca e hidratada, reparar rugas e suavizar cicatrizes. A sua textura é bem suave e a pele absorve facilmente o produto. Estou a gostar bastante!

Além do creme hidratante recebi também o Gel Dérmico, que ainda não tive oportunidade de utilizar mas que promete prevenir a secura cutânea , irritações, feridas, eczemas e acelerar o processo de restauração celular. Pode ser aplicado após a exposição solar ou após barbear/depilar.


Caso queiram experimentar alguns produtos da marca, aproveito para informar que os portes são grátis em encomendas iguais ou superiores a 50,00€. Passem no site e conheçam estes produtos que valem bem a pena!


Posts Recomendados

3 comentários

  1. tambem houve uma fase cá em casa em que era tudo aloé... acho que agora acalmou =P vou ver o site xD

    xoxo

    ResponderEliminar
  2. Eu ainda uso produtos a base de Aloé....Sao os que mais hidratam a minha pele....
    Mas nao tem aquele cheiro a relva carateristico dos produtos com esse composto :)

    ResponderEliminar
  3. Em julho estive de férias em Lanzarote :) Trouxe de lá alguns sabonetes de aloé vera com cheiro muito agradável e também sais de banho que cheiram muito bem. Os cremes não me cativaram embora tenha testado alguns com aromas muito agradáveis.

    ResponderEliminar

Posts Populares

Facebook